BRADESCO NET EMPRESA

Cobrança

A solução ágil e eficiente para a gestão de contas a receber

Cobrança

Faça a gestão das arrecadações de tributos por boletos pela Cobrança Bradesco – um sistema integrado e completo para o contas a receber da sua administração pública.

Também é possível fazer a cobrança da dívida ativa com toda a segurança e agilidade.

 
  • Os arquivos são enviados e recebidos pelo sistema de Transferência de Arquivos – WebTA
  • Ampla rede de atendimento no País
  • Arquivo eletrônico de hora em hora, no mesmo dia da liquidação, para pagamentos feitos pelo Bradesco
  • 2ª via de boleto de cobrança registrada pela internet, inclusive com atualização de juros e multas caso esteja vencido. Protesto automatizado
  • Crédito On-line: pagamentos em espécie disponíveis instantaneamente para compor o seu fluxo de caixa

Veja as opções de cobrança que o Bradesco oferece:

Cobrança Instântanea

É a forma mais ágil de fazer a cobrança. Permite o registro do título de cobrança on-line pelo Bradesco Net Empresa. Você pode vender, emitir, enviar por e-mail e receber sua cobrança no mesmo dia.

Conheça os tipos de cobrança com registro:

  • Registro de títulos em lote
  • Registro de títulos parcelados
  • Recebimento rápido e prático nas suas vendas à vista
  • Registro de títulos vencidos com instrução de protesto
  • Desconto do título no banco, no mesmo dia, após o registro
  • Dispensa a instalação de aplicativos para registrar sua cobrança
  • Cadastramento de sacados e sacadores avalistas
  • Consulta dos extratos de movimentação da Carteira de Cobrança – Francesinha – e protesto
  • Para validar o registro dos títulos não é necessário usar o certificado digital do Bradesco Net Empresa
Cobrança com Débito Automático

Dispensa a emissão de boletos de cobrança, podendo agendar o débito diretamente na conta-corrente ou poupança do sacado, Correntista Bradesco, mediante autorização prévia.

Cobrança com Rateio de Crédito

Possibilita ao cedente realizar transferências automáticas de valores de cobrança para outra conta-corrente ou poupança do banco, sem a emissão de cheques ou ordens de pagamento.

Cobrança de Seguros

Desenvolvida especialmente para seguradoras, pode ser operada com ou sem registro, de acordo com a sua necessidade. Nessa operação, o IOF é recolhido pelo banco cedente.

Cobrança Parcelada

Ideal para empresas que recebem por meio de parcelas fixas ou variáveis. O Bradesco emite e entrega os carnês no formato padrão ou personalizado.

Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica

Portal que possibilita aos clientes enviarem e validarem eletronicamente suas notas fiscais com a Secretaria da Fazenda – SEFAZ de seu Estado.

A solução integra o processo de emissão das notas fiscais à geração de boletos de Cobrança Bradesco, proporcionando em um único ambiente todo o ciclo de faturamento da empresa, emissão do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica – DANFE, controle das notas fiscais, até o envio de boletos pelo Débito Direto Autorizado – DDA, por e-mail ou de forma convencional.

O cartão contém os dados necessários para concretizar pagamentos, eliminando problemas de identificação do depositante e da conta de crédito.

Público-alvo: todas as empresas obrigadas a se adequarem ao processo de Nota Fiscal Eletrônica em substituição à nota fiscal de circulação de mercadorias – Modelos 1 ou 1A.

Como funciona: após a emissão da Nota Fiscal Eletrônica, o cliente tem a opção de enviar de imediato, por e-mail, o boleto ao sacado/comprador ou, ainda, receber os boletos juntamente com a emissão da NF-e antes da recepção da mercadoria. O portal possibilita integrar a emissão da nota fiscal ao instrumento de recebimento do cliente, no caso, do boleto de cobrança.

Benefícios ao cedente/vendedor:

  • Redução de custos com papel, impressão, envio e armazenagem de documentos ficais
  • Simplificação de obrigações acessórias, como dispensa de AIDF – Autorização para Impressão de Documentos Fiscais Eletrônicos
  • Redução de tempo de parada dos caminhões em postos fiscais
  • Redução com postagens e de tempo de parada de caminhões em postos fiscais
  • Incentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com clientes (B2B)
  • Segurança da informação e dos processos

Benefícios ao sacado/comprador:

  • Opção de receber os boletos juntamente com a emissão da NF-e antes da recepção do DANFE – Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica e da mercadoria
  • Eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias
  • Planejamento de logística para a entrega pela recepção antecipada da informação da NF-e
  • Redução de erros de escrituração devido à digitação de notas fiscais
  • Incentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com fornecedores (B2B)

Requisitos técnicos

Para utilizar o portal Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica é necessário:

  • Certificado Digital no padrão ICP-Brasil – Modelos A1, A3, NF-e A1 ou NF-e A3
  • Acesso à internet
  • Credenciamento na Secretaria da Fazenda – SEFAZ de seu Estado

Cadastro: acesse o link Cobrança Integrada com Nota Fiscal Eletrônica e siga as instruções para preencher o Contrato de Prestação de Serviço. Se preferir, digite www.nfebradesco.com.br.

Dúvidas Frequentes

1. Quais os tipos de documentos fiscais em papel que a Nota Fiscal Eletrônica substitui?

Atualmente, a legislação nacional permite que a NF-e substitua apenas a nota fiscal modelo 1 ou 1A, utilizada para documentar transações comerciais com mercadorias entre pessoas jurídicas. Não se destina a substituir a nota fiscal ao consumidor (modelo 2) ou o Cupom Fiscal. Os documentos que não foram substituídos pela NF-e devem continuar a ser emitidos de acordo com a legislação em vigor.

2. O destinatário da mercadoria poderá exigir e receber a nota fiscal em papel modelo 1 ou 1A ao invés da Nota Fiscal Eletrônica?

Não. Esta exigência não poderá ser feita pelos destinatários. Nos casos em que o emitente é obrigado a usar a NF-e, a obrigatoriedade de emissão de NF-e aplica-se a todas as operações praticadas em todos os estabelecimentos, sendo vedada a emissão de nota fiscal modelo 1 ou 1-A.

3. Para quais tipos de operações a NF-e pode ser utilizada?

A NF-e substitui a nota fiscal modelos 1 e 1-A em todas as hipóteses previstas na legislação em que estes documentos possam ser utilizados. Isso inclui, por exemplo, a nota fiscal de entrada, operações de importação, operações de exportação, operações interestaduais ou, ainda, operações de simples remessa.

Fechar
Atencão!

Você está sendo redirecionado para uma página que não faz parte do portal Bradesco.

O Bradesco não se responsabiliza pelo conteúdo divulgado em outros sites nem por endereços inválidos.

Em caso de dúvidas, fale conosco.

Continuar